O que é o trabalho remoto?


O que é o trabalho remoto?


De maneira direta, o trabalho remoto significa trabalho à distância. Isso quer dizer que o trabalho pode ser desempenhado de qualquer lugar.


É possível você estar em uma viagem para outro país e continuar trabalhando para a empresa na qual é colaborador.


Ou, até mesmo, você morar em um lugar e trabalhar para uma empresa em outra cidade, estado ou país.


Muitas vagas de trabalho já têm sido anunciadas assim. Não é necessário que os profissionais residam na mesma localidade onde fica a sede da empresa para pleitearem a vaga.


Nas últimas semanas, muitas pessoas precisaram se familiarizar com o trabalho remoto e, apesar das razões lamentáveis relacionadas à prevenção contra uma doença, os resultados têm sido satisfatórios.


Existem outros aspectos que diferenciam o trabalho remoto de outras modalidades de trabalho. Nós iremos pensar um pouco mais sobre eles ao falarmos sobre os benefícios do trabalho remoto.


Nos tópicos seguintes, vamos falar sobre as vantagens do trabalho remoto, o que necessário para realizá-lo e algumas dicas para você manter a eficiência se estiver trabalhando em casa por conta da atual pandemia.



5 vantagens do trabalho remoto


O trabalho remoto traz diversas vantagens para o cotidiano da empresa e de seus colaboradores.


Continue a leitura a seguir para que saiba quais são essas vantagens apresentadas pelo trabalho remoto.


Trabalho à distância

A primeira, e mais clara, vantagem do trabalho remoto é a possibilidade de realizá-lo à distância.


A possibilidade de realizar o seu trabalho de, praticamente, qualquer lugar é atrativa aos colaboradores que almejam trabalhar dessa forma.


Como já mencionado, é possível trabalhar a quilômetros de distância da sede física da empresa. Pode-se realizar o seu trabalho em casa, em um café, em um parque ou qualquer outro lugar no qual você se sinta à vontade.


No trabalho remoto, você define onde será o seu escritório.


Como não há necessidade de se locomover até a empresa para a qual trabalha, há menor risco de acidentes e menor enfrentamento com o estresse do trânsito, por exemplo.


O tempo de deslocamento também é reduzido ou eliminado, no caso de o trabalho ser feito na própria residência do colaborador. Dessa forma, o tempo que era antes despendido no deslocamento pode, agora, ser redirecionado para produção.


Em tempos de pandemia, a diminuição da utilização do transporte público, um dos locais mais propícios ao contágio do vírus, é uma ótima razão para o investimento no trabalho remoto.


Mas, independentemente da situação atual no que se refere aos cuidados com a saúde coletiva, a economia de tempo é um fator muito relevante quando se pensa nos minutos ou horas perdidos no trânsito tanto na ida quanto no retorno do trabalho.


Isso sem falar na queda da produtividade decorrente do estresse causado pelos congestionamentos cada vez mais comuns não só em grandes cidades.



Flexibilidade

Até mesmo em consequência da primeira vantagem que destacamos, a flexibilidade é garantida. Seja em relação ao local de trabalho ou à carga horária exercida.


O que mais difere o trabalho remoto de outras modalidades de trabalho, além, obviamente, da distância permitida, é a forma como a carga horária se organiza.


O colaborador que realiza trabalho remoto deve apresentar as mesmas capacidades que qualquer outro, mas tem a possibilidade de construir a sua carga horária com mais flexibilidade.


Usualmente, o trabalho remoto preza pela entrega de resultados. Dessa forma, muitas vezes, desde que o trabalho seja entregue de acordo com o esperado, não há necessidade de especificar uma hora do dia para o mesmo seja feito.


A flexibilidade do local de trabalho, bem como da carga horária, são os maiores responsáveis por aumentar, significativamente, a satisfação dos colaboradores com os seus trabalhos.


E é claro que a maior satisfação dos colaboradores está diretamente relacionada à sua produtividade.


Assim, o foco nos resultados — e não no cumprimento de horários — aliado ao trabalho remoto é uma opção que merece a atenção dos gestores.



Qualidade de vida

O conjunto do trabalho remoto possibilita uma qualidade de vida muito maior para quem adere a essa modalidade de trabalho.


Sono, alimentação, exercícios físicos, capacitações. Tudo isso é melhorado significativamente quando o trabalho remoto é executado.


É mais fácil se alimentar melhor sem a correria do dia a dia com o deslocamento para o trabalho, horário curto direcionado para a alimentação entre outros.


Como o dia do colaborador fica mais tranquilo, sua noite também será. Com uma melhor noite de sono, o seu próximo dia será melhor da mesma forma. É um ciclo benéfico que garante mais qualidade de vida.


Ainda com o horário flexível, você, como adepto ao trabalhador remoto, pode buscar mais capacitação para desempenhar seu trabalho com mais conhecimento e excelência.


No momento atual, ainda que o trabalho remoto não permita a realização de todas as atividades que seriam desenvolvidas presencialmente, o tempo que resta pode ser dedicado à capacitação.


Seguindo a tendência da educação a distância, muitos cursos on-line têm sido ofertados e o setor ganhou ainda mais força em tempos de pandemia.


Então, basta selecionar os cursos relacionados à sua área de atuação e começar a estudar, pois capacitação e atualização também estão relacionadas à sua qualidade de vida.



Produtividade

Como consequência de todas as vantagens proporcionadas pelo trabalho remoto, a produtividade dos colaboradores aumenta.


O desempenho será muito melhor. Não há necessidade de ter dúvidas quanto a isso, como já dissemos no tópico sobre flexibilidade.


A liberdade e a autonomia proporcionadas pelo trabalho remoto fazem com que haja maior disposição em realizar o trabalho.


Como a carga horária é flexível e o trabalho é realizado à distância, a supervisão do trabalho é reduzida. O que mais importa é o resultado apresentado, a tarefa realizada e a confiança estabelecida na relação entre colaborador e empresa.


O conjunto desses fatores faz com que haja maior autonomia e, como consequência, maior produtividade.


Isso porque o colaborador se sente mais seguro e alimenta sua autoconfiança sem a pressão da supervisão constante.


Sem falar no aumento da autonomia para a escolha dos métodos de realização de cada atividade e no consequente sentimento de responsabilidade e reconhecimento do colaborador quando ele faz escolhas acertadas.


Esse resultado de maior produção é benéfico tanto para colaboradores quanto para a empresa. O gestor consegue delegar tarefas com maior facilidade e o colaborador consegue cumpri-las com relativa autonomia.



Redução de custos

Esse último benefício que queremos destacar hoje é interessante, principalmente, para a empresa que disponibiliza essa forma de trabalho para seus colaboradores.


A redução dos custos operacionais no trabalho remoto é um dos fatores que mais chama a atenção de gestores.


A contratação dos colaboradores é diferenciada, os encargos diminuem de maneira significativa e existe a dispensa total de alguns custos, como vale transporte e vale alimentação.


Se os tópicos anteriores não te convenceram sobre a possibilidade de adotar o trabalho remoto em sua empresa, a redução de custos vai fazer você repensar o assunto.


Em tempos de mercado acirrado e mudanças constantes, a contenção de custos é um objetivo unânime entre os gestores. E é melhor ainda quando ela vem acompanhada de outros benefícios.


O trabalho remoto existe em consequência da transformação digital e mudanças que vivemos advindas do desenvolvimento de tecnologias.


Ainda que seus benefícios sejam diversos e atrativos, é necessário se atentar a alguns fatores.


⚜️ Acesse nossos grupos de vagas ⚜️


Grupo 13

https://chat.whatsapp.com/JVexiabmC07Ggk10Q7amlx


Grupo14

https://chat.whatsapp.com/Emo7xdJCW0N4YiAjf2ksNd



⚜️Acesse nossa fanpage no Facebook.⚜️




37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo